Skip to main content

Probióticos: tudo sobre esses alimentos!

Em nosso cotidiano a tecnologia de alimentos, está cada vez mais desenvolvida, nos dando ao alcance das prateleiras do mercado, a compostos anteriormente so disponíveis em remedios. Hoje, existe uma gama de suplementos alimentares, que podem nos dar alguns compostos que nosso corpo nem sempre consegue produzir, mas necessita para seu bom funcionamento. E um desses compostos, são os alimentos probióticos, sobre os quais iremos abordar hoje, acompanhe conosco.

O que são os alimentos Probióticos

O conceito de probiótico tem mais de cem anos. Desde o século passado, na Europa Oriental, era conhecido o efeito do iogurte de promover a longevidade.

Indo direto ao assunto, os chamados probióticos são microorganismos vivos da nossa flora intestinal normal, ou seja, são as bactérias presentes normalmente no nosso intestino, com a função de auxiliar o funcionamento do intestino e nos proteger de bactérias que possam nos fazer mal. Os objetivos dos alimentos enriquecidos com probióticos são auxiliar na proliferação dessas bactérias para regular o trânsito intestinal e nos proteger de possíveis infecções.

Os probióticos são muito usados em iogurtes e leites fermentados, os mais conhecidos são os chamados Lactobacilos.

No mercado, os mais famosos são o yakult, Simfort, Sofyl, mas existe uma infinidade deles disponíveis.

Quais os benefícios para a saúde?

É fato que os produtos lácteos fermentados têm sido associados há muito tempo com a capacidade de conferir benefícios à saúde naqueles que os consomem regularmente, Ao pesquisarmos a fundo, podemos verificar que foi Ellie Metchnikoff que em 1908 fez a primeira teorização do impacto desses alimentos sobre a microbiota bacteriana do intestino.

E os benefícios são vários:

  • Produzir vitamina B12, butirato e vitamina K2;
  • Ajudar a regular o intestino;
  • Eliminar de bactérias, leveduras e fungos ruins;
  • Criar enzimas que destroem bactérias nocivas;
  • Estimular a secreção de IgA e de células T reguladoras;
  • Ajuda a reduzir o colesterol ruim;
  • Diminuir incidência de gripes e resfriados;
  • Aumentar a absorção de alguns nutrientes, como vitamina B ou metionina;
  • Aumentar a produção de macrófagos, que são células de defesa do organismo.

Outras funções

Além das funções citadas acima, existem outros aspectos benéficos associados ao seu consumo:

Os probióticos aumentam de maneira significativa o valor nutritivo e terapêutico dos alimentos porque há um aumento dos níveis de vitaminas do complexo B e aminoácidos. Absorção acrescida de cálcio e ferro;

Fortalecimento do sistema imunológico, através de uma maior produção de células protetoras e particular importância para os indivíduos com intolerância à lactose, devido ao aumento de uma enzima que facilita a digestão da lactose.

Existe alguma contra indicação?

Praticamente inexistem. Estudos clínicos controlados com lactobacilos e bifidobactérias não revelaram efeitos maléficos causados por esses microrganismos. Efeitos benéficos causados por essas bactérias foram observados durante o tratamento de infecções intestinais, incluindo a estabilização da barreira da mucosa intestinal, prevenção da diarréia e melhora da diarréia infantil e da associada ao uso de antibióticos.

Conclusão

Bem caros leitores e leitoras, espero que tenham curtido as informações e que os alimentos probióticos lhes ajudem a alcançar os benefícios que tanto desejam para o corpo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *